Bolsa De Investigação (Bi) Para Licenciado

Bolsa De Investigação (Bi) Para Licenciado
Empresa:

Instituto Politécnico De Leiria



Área:

Qualidade

Bolsa De Investigação (Bi) Para Licenciado

Detalhes da Vaga

O Politécnico de Leiria, no âmbito do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE-Politécnico de Leiria), abre concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) para licenciado, nos seguintes termos: Título do projeto: Ouriceira AQUA: Aquacultura e Acabamento das Gónadas do Ouriço-do-mar (Paracentrotus lividus) (MAR-02.01.01-FEAMP-0004). Coordenador do projeto: Ana Margarida Violante Pombo. Orientador científico da bolsa: Sílvia Alexandra Pereira Lourenço. Área científica da bolsa: Aquacultura. Tipo de bolsa: Bolsa de Investigação (BI) para licenciado. Fins: Estudos de desenvolvimento de protocolos de cultivo larvar do ouriço-do-mar (Paracentrotus lividus). Objeto: Avaliar o desenvolvimento e a sobrevivência larvar de Paracentrotus lividus. Duração da bolsa: 12 meses, eventualmente renovável até ao término do projeto, com início previsto em setembro de 2019. Objetivos a atingir pelo candidato: Acompanhamento de ensaios nutricionais, realização de rotinas diárias de manutenção da qualidade da água e alimentação de organismos marinhos. Será dada preferência a candidatos acreditados pela DGAV com certificado de categoria B para a realização de experiencias com animais. Elaboração de relatórios técnicos e publicação dos resultados. Destinatários: Titulares de licenciatura em Biologia Marinha, Bioquímica ou áreas afins. Perfil desejado: Será dada preferência a candidatos com experiência na área da biologia e no acompanhamento do desenvolvimento larvar de equinodermes. Deverá possuir igualmente elevado grau de autonomia, forte motivação para o trabalho laboratorial e para trabalhar em equipa. Local de desenvolvimento dos trabalhos: Edifício CETEMARES - Centro de I&D, Formação e Divulgação do Conhecimento Marítimo, Peniche. Entidade financiadora: Cofinanciado pelo Programa Operacional MAR2020, no âmbito do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP), através do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I. P. (IFAP). Componentes financeiras da bolsa: Subsídio mensal de manutenção, no valor de ?752,38, de acordo com o Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P. (www.fct.pt/apoios/bolsas/valores) e com o Regulamento de Bolsas de Investigação Científica do Politécnico de Leiria. A este valor acresce o valor mensal referente ao Seguro Social Voluntário, nas condições definidas pelo Estatuto do Bolseiro de Investigação e caso o bolseiro opte pela adesão a este regime. O bolseiro usufruirá de um Seguro de Acidentes Pessoais, em vigor no decorrer da bolsa. Periodicidade: Mensal. Modo de pagamento da bolsa: Cheque ou transferência bancária. Regime de atividade: Exclusividade, de acordo com a regulamentação aplicável. Avaliação das candidaturas: A avaliação das candidaturas será feita mediante análise curricular e eventual entrevista, tendo em consideração o perfil desejado e os critérios de avaliação definidos. Critérios de avaliação: a) Habilitação Académica (HA): nota final de Licenciatura; b) Experiência Profissional/Académica na área do projeto (EPA); c) Conhecimentos específicos (CE): experiência comprovada na área da investigação em aquacultura de equinodermes; sendo a nota final (NF) = [HA*0,3 + EPA*0,4 + CE*0,3]. Se o júri decidir por deliberação fundamentada, os candidatos poderão ser convidados para uma entrevista (ENT), sendo a nota final com entrevista (NFE) = [NF*0,6 + ENT*0,4]. Os critérios de avaliação e seriação constam de ata elaborada pelo júri, que poderá ser consultada mediante pedido dos interessados. Júri: O júri responsável pela avaliação das candidaturas será constituído por: Sílvia Alexandra Pereira Lourenço (presidente), Ana Margarida Violante Pombo e Susana Margarida Freitas Ferreira (vogais efetivos); Sílvia Correia Gonçalves Fernandes e Maria Manuel Gil de Figueiredo Leitão da Silva (vogais suplentes). Renovação da bolsa: Nos termos do artigo 27.º do Regulamento de Bolsas de Investigação Científica do Politécnico de Leiria. Prazo de candidaturas: 16 de agosto a 29 de agosto de 2019. Formalização da candidatura: Formulário de candidatura, devidamente preenchido e assinado, disponível em www.ipleiria.pt, acompanhado da seguinte documentação: a) Documentos comprovativos de que o candidato reúne as condições exigíveis para o respetivo tipo de bolsa, nomeadamente certificados de habilitações com média final e com as classificações em todas as disciplinas realizadas. Os candidatos detentores de habilitações estrangeiras devem comprovar o registo do grau académico, nos termos do Decreto-Lei n.º 341/2007, de 12 de outubro, ou, quando aplicável, a obtenção de equivalência/reconhecimento do grau académico, nos termos do Decreto-Lei n.º 283/83, de 21 de junho; b) Curriculum Vitae do candidato; c) Número de identificação civil válido (opcional); d) Declaração no formulário de candidatura de que não é simultaneamente beneficiário de qualquer outra bolsa para o mesmo fim ou, em caso afirmativo, que refira a existência de acordo entre as entidades financiadoras; e) Qualquer outro documento que o candidato considere relevante para apreciação da candidatura. Envio de candidaturas: As candidaturas deverão ser dirigidas ao presidente de júri e poderão ser entregues pessoalmente ou remetidas por correio postal para: Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar ? Campus 4, Santuário Nossa Senhora dos Remédios, 2520-641 Peniche (em carta registada com aviso de receção, expedida até ao termo do prazo fixado); ou enviadas por e-mail par**********. Divulgação dos resultados: Até 10 dias úteis após a realização dos métodos de seleção, mediante envio de e-mail com recibo de entrega ou notificação pessoal aos candidatos. Na sequência do procedimento para a atribuição da bolsa, se a lista de ordenação final, devidamente homologada, contiver um número de candidatos aprovados superior ao número de bolsas a ocupar, é sempre constituída uma reserva de recrutamento interna, à qual se poderá recorrer quando haja necessidade de ocupação por desistência do bolseiro, a ser utilizada durante a elegibilidade do projeto. Modelo de contrato de bolsa, de relatórios finais e restante documentação: Modelos aprovados pelo Politécnico de Leiria. Regime de informação e publicidade dos financiamentos concedidos: Nos termos do artigo 30.º do Regulamento de Bolsas de Investigação Científica do Politécnico de Leiria. Legislação e regulamentação aplicável: Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, publicada na I Série-A do DR n.º 194, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 202/2012, publicado na 1.ª série do DR n.º 165, de 27 de agosto, pela Lei n.º 12/2013, publicada na 1.ª série do DR n.º 20, de 29 de janeiro e pelo Decreto-Lei n.º 89/2013, de 9 de julho, publicado na 1.ª série do DR n.º 130; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I. P. em vigor (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2018.pdf); Regulamento de Bolsas de Investigação Científica do Politécnico de Leiria, Regulamento n.º 506/2017, publicado na Série II do Diário da República n.º 187, de 27 de setembro. Leiria, 14 de agosto de 2019. O Presidente do Politécnico de Leiria Rui Filipe Pinto Pedrosa


Fonte: Myjob


Área:

  • Tecnologia da Informação / Qualidade

Requisitos


Conhecimentos:

  • Agricultura